Revista Ave Maria

Artigos da revista › 28/05/2017

Dia Mundial das Comunicações Sociais

Neste domingo celebramos o 51° Dia Mundial das Comunicações, o tema deste ano é:”‘Não tenhas medo, que Eu estou contigo’ (Is 43, 5). Comunicar esperança e confiança, no nosso tempo”. A data foi solicitada pelo Concílio Vaticano II, quando a Igreja, levou em consideração as profundas transformações da sociedade e avanços na área tecnológica em todos os setores. A Igreja entendeu que não bastava apenas a profissionalização e competência técnica no uso dos meios, mas o compreender a evolução da comunicação, na suas mais diferentes expressões, como linguagem, cultura e, sobretudo, como elemento articulador da sociedade.

Encontramos a afirmação, então, no Decreto Inter Mirifica (n° 18): “Para reforçar o variado apostolado da Igreja por intermédio dos meios de comunicação social celebre-se anualmente, nas dioceses do mundo inteiro, um dia dedicado a ensinar aos fiéis seus deveres no que diz respeito aos meios de comunicação, a se orar pela causa e a recolher fundos para as iniciativas da Igreja nesse setor, segundo as necessidades do mundo católico”.

Com a finalidade de levar adiante a atenção-ação nesse importante setor da comunicação, o Papa Paulo VI, criou, em 1964, através do documento In fructibus multis, a Pontifícia Comissão para as Comunicações Sociais, com a finalidade de coordenar e estimular a realização das propostas dos Padres Conciliares.

Após receber o parecer dos presidentes das Comissões Episcopais, foi criado o Dia Mundial das Comunicações Sociais em 1966 com a aprovação do Sumo Pontífice. No dia 7 de maio de 1967 celebrou-se pela primeira vez, o Dia Mundial das Comunicações Sociais (comemorado sempre no domingo da Ascensão).

O Papa Francisco convida os cristãos a espalhar a “boa notícia” pelo mundo: “Gostaria, pois, de dar a minha contribuição para a busca dum estilo comunicador aberto e criativo, que não se prontifique a conceder papel de protagonista ao mal, mas procure evidenciar as possíveis soluções, inspirando uma abordagem propositiva e responsável nas pessoas a quem se comunica a notícia. A todos queria convidar a oferecer aos homens e mulheres do nosso tempo relatos permeados pela lógica da «boa notícia»”. Segundo o Pontífice na sua mensagem divulgada no dia 24 de janeiro, o acesso fácil os meios de comunicação possibilitam que mais pessoas tenham conhecimento “quase instantâneo” das notícias e compartilham “estas notícias podem ser boas ou más, verdadeiras ou falsas”, afirma o Papa.

Que a partir deste dia sejamos capazes de nos deixar guiar pelo Espirito Santo para termos capacidade de discernir cada história e assim divulgar a “boa noticia”.

Confira a mensagem completa do Papa Francisco no site Mensagemdopapa.com.br.

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.