NOTÍCIAS PARA SABER EM JULHO/2022

Baixar Versão em PDF
EDITORA AVE-MARIA NA EXPOCATÓLICA 2022
COM 124 ANOS DE EXISTÊNCIA, A AVE-MARIA CELEBROU MAIS UM ANIVERSÁRIO, DESTA VEZ DURANTE O EVENTO, COM DIVERSOS LANÇAMENTOS E PROMOÇÕES

Após um longo período de pausa devido à pandemia, as pessoas começam a voltar a desfrutar de grandes eventos, repletos de entretenimento e novidades. É o caso da maior feira católica da América Latina, a ExpoCatólica. Realizada de 27 a 30 de maio, no Expo Center Norte, em São Paulo (SP), foi um evento que durante quatro dias proporcionou o encontro entre autores e leitores, apresentou as novidades do segmento católico e reuniu artistas em momentos únicos.

Mais uma vez, a Editora Ave-Maria marcou presença nesse grandioso evento, celebrando seus 124 anos de existência (em 28 de maio), com muitas novidades, promoções e lançamentos, sempre proporcionando os melhores conteúdos católicos aos seus clientes e leitores.

Dentre os momentos especiais que a Editora Ave-Maria preparou, destacou-se o lançamento

e sessão de autógrafos dos livros Complexo de Zaqueu: caminhos para a cura dos sentimentos de rejeição e inferioridade, escrito pelo padre e psicólogo Elias Souza, além da palestra sobre o livro Catequese e planejamento: organização e mística na ação evangelizadora, durante o 1º Seminário de Coordenadores de Catequese, seguida de sessão de autógrafos com os autores Ariel Machado e Regina Helena Mantovani.

A Editora Ave-Maria divulgou diversas novidades editoriais e promoções especiais, com descontos que chegaram a até 70%. Esse foi um momento mais do que especial para todos aqueles que amam a fé e a tradição católica renovassem sua biblioteca com conteúdos de qualidade.

O estande da Editora Ave-Maria foi visitado por milhares de pessoas, além de diversos autores, parceiros comerciais e amigos.


CÂMARA DOS DEPUTADOS APROVA O DIA NACIONAL DO
TERÇO DOS HOMENS NO BRASIL

A Câmara dos Deputados aprovou em 13 de junho o projeto de lei que institui o dia 8 de setembro, Natividade de Nossa Senhora, como o Dia Nacional do Terço dos Homens. O texto agora vai ao Senado para votação.

“O Terço dos Homens tem se caracterizado como porta de entrada de homens que não só retornam à comunhão com a Igreja, mas, ao mesmo tempo, como transformação interior na vida desses homens no seio de suas famílias e na sociedade em geral”, disse à ACI Digital Glayson Lozer, secretário-geral do Terço dos Homens do Brasil. “Isso é o que esperamos cada vez mais: evangelizar, santificar, salvar as almas”, acrescentou.

A proposta da lei foi do deputado Eros Biondini (PL-MG). “Quando os pais oram, a família toda é edificada. Obrigado a todos pelo grande apoio que recebi. Sem vocês eu não conseguiria”, publicou Biondini em suas redes sociais.

Para o deputado Evair Vieira de Melo (PP-ES), relator do projeto, o Terço realizado dos homens tem como missão reforçar a presença de leigos da Igreja e das suas comunidades e é um sinal cristão para a formação da família e de uma sociedade cristã“A iniciativa do Terço do Homens é valorosa para a Igreja porque traz para o seio da adoração de Maria parte dos homens que muitas vezes acabaram ficando distantes de certas atividades de louvor”, disse o deputado no plenário da Câmara.

O coordenador da Frente Parlamentar Católica, deputado Francisco Jr (PSD-GO), declarou em discurso na Câmara: “O Terço dos Homens é o movimento que mais cresce no Brasil e ele vem neste momento trazer toda essa energia, toda essa coragem, toda essa disposição do brasileiro”.

Glayson Lozer disse que a aprovação do Projeto de Lei do Dia Nacional do Terço dos Homens estava sendo aguardada desde fevereiro de 2021, após o encerramento da 13ª Romaria Nacional do Terço dos Homens, em Aparecida (SP). “Neste período fomos até o autor do projeto, Eros Biondini”, falou Glayson. O deputado foi internado por alguns dias com o novo coronavírus, o que interrompeu temporariamente os trabalhos, segundo Lozer, que continuou: “Realizamos uma audiência pública em agosto de 2021. Até que chegamos ao histórico dia 13 de junho de 2022, quando, após a leitura do relatório no plenário, a Câmara dos Deputados aprovou”.

O dia 8 de setembro foi escolhido com muito critério, disse Lozer: “Na então Vila Providência, hoje município de Itabi (SE), um grupo com cerca de duzentos homens rezou sob o nome Terço dos Homens pela primeira vez. Era dia 8 de setembro de 1936, na Paróquia Nossa Senhora da Conceição, onde o grupo existe até hoje”.

O Terço dos Homens é um movimento católico reconhecido por lei em sete Estados do país: Sergipe, São Paulo, Espírito Santo, Bahia, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Maranhão. Desde 2009, as romarias anuais do Terço dos Homens ao Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida lotam a cidade de Aparecida.

Fonte: ACI Digital


A Comissão Episcopal Pastoral para a Cultura e Educação da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), por meio de seu Setor de Educação, está organizando para o mês de agosto o 21º Encontro Nacional da Pastoral da Educação (ENAPE). O encontro, a ser realizado de forma híbrida de 19 a 21 de agosto deste ano, terá como objetivo refletir, partilhar e traçar caminhos para fortalecer a presença evangelizadora nos múltiplos espaços educativos do Brasil.

Com o tema “Pastoral da Educação: identidades e missão”, o encontro convida os agentes da Pastoral da Educação a refletir a missão da pastoral dentro da grande missão confiada pelo Senhor aos seus discípulos. Além disso, como ação evangelizadora nos espaços educativos, a pastoral ganha rostos e iniciativas próprias, levando em consideração as especificidades de cada lugar, por isso a utilização do termo “identidades” no plural, evocando a realidades e abordagens diferentes.

Devido às implicações da pandemia, os eventos do 21º Encontro Nacional acontecerão em formato híbrido, com grupo presencial em Goiânia e com transmissão ao vivo pelo canal do YouTube “Cultura e Educação CNBB”, entre os dias 19 a 21 de agosto de 2022. A programação com os respectivos horários será publicada no site culturaeducacaocnbb.com. Em parceria com a Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC Goiás) serão oferecidos certificado de dez horas aos participantes do encontro.

Fonte: CNBB

Editorial

Produção Editoral feita em parceria com a Agência Minha Paróquia

Start typing and press Enter to search