“NENHUMA CRIANÇA NASCE SE NÃO FOR PELO QUERER DE DEUS”

Baixar Versão em PDF

ASSIM NASCEU O PROJETO TERNURA PELO QUERER DE DEUS

Eu, Marly, casada há 45 anos com o Ênio, com quatro filhos gerados no coração e oito netos. Amor incondicional, fui chamada a viver mais intensamente o meu Batismo, por meio de uma revelação que me foi dada num sonho com Maria no início da pandemia em meio a tantas incertezas e preocupações.

Como tudo aconteceu?

Minha amiga Vandira, do Plantão de Oração da Paróquia São Sebastião, de Araçatuba (SP), presenteou-me com um livro em meu aniversário: 9 meses com Maria, do autor Padre Luís Erlin, da Editora Ave-Maria, uma novena de anunciação ao nascimento de Jesus. Pulei de alegria, pois era justamente o que eu queria!

Como meu aniversário é no dia 5 de março, vinte dias depois já estava começando minha novena (25 de março), no momento em que o Arcanjo Gabriel anuncia a Maria    que Ela seria a mãe do esperado Messias.

“Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é contigo.”

Ao ler o livro fui tocada, engravidei-me como Maria, espiritualmente, pois nunca tivera filhos biológicos e fui internalizando o que me era revelado.  Sentia gratidão também às mães dos meus filhos por não os terem abortado, pois por meio delas pude ser chamada mãe.

Durante três anos seguidos, eu e meu esposo fizemos a novena, que era  também a nossa preparação para viver o verdadeiro sentido natalino. Encantada com a humildade de Maria na visita que ela fez a Isabel, sempre servindo, com o carinho de José e o amor àquela criança que estava sendo gerada para trazer  luz à humanidade, cresceu em mim a certeza de que o amor tudo pode.

O sobrenatural de Deus aconteceu na madrugada do dia 2 de abril de 2020, quando, ao acordar, narrei ao meu marido o chamado que tive por meio de um sonho. Nele Maria estava preocupada com as gestantes que se encontravam em desamparo e pedia-me para não julgá-las, mas ajudá-las.

Dirigi-me à coordenadora do Plantão de Oração (Renovação Carismática Católica) da paróquia, Cidinha Faccioli, que sugeriu incluir esse “chamado” ao Projeto Ternura, que já existia, ampliando-o.

Posteriormente, conversei com o Padre Rodney, claretiano, e ele aconselhou trabalharmos com as pastorais e com possíveis parceiros, já que o ideal seria a unidade. Disse que, além da verticalidade (orações), faríamos também a horizontalidade (atendimento material, emocional e espiritual) no acolhimento a gestantes e filhos. As pastorais, principalmente a da Criança, o Grupo Voluntários do Amor, o Clube da Vovó, Jessé, a Casa de Belém e outros são nossos colaboradores. Dentre os voluntários, exemplificamos o trabalho do doutor Guilherme  (nosso “José”), que confecciona berços em sua oficina e de sua esposa Silvia, serva do Plantão de Oração, que  costura com uma equipe o necessário ao Projeto.

Contamos com trezentos atendimentos gratuitos cadastrados e fotos comprovam as ações. Vale lembrar Santa Teresa de Ávila: “O Senhor não olha tanto a grandeza de nossas obras, olha mais o amor que colocamos naquilo que fazemos”.

Somos gratos a Nossa Senhora por nos ter escolhido e ao autor do livro, Padre Luís Erlin, por nos apresentar a trajetória da anunciação ao nascimento do nosso Salvador.

Há muitos “cristinhos” no mundo esperando sua ajuda. Com pandemia ou sem, o trabalho não pode parar.

Ressaltamos quão frutífera é a novena 9 Meses com Maria. Se você ainda não a vivenciou, programe-se para março de 2022, pois cremos que você também será agraciado(a).

Neste Natal, abramos nossos corações, deixando Jesus (re)nascer em nossas vidas, fazendo valer o “sim” de Maria a Deus para que mais milagres aconteçam.

 

Avatar

Professora e coordenadora do Projeto Ternura pelo Querer de Deus em Araçatuba (SP).

Start typing and press Enter to search